Cat-1

Cat-2

Cat-3

Cat-4

» » » "Pocnejo": Não esperava que o sertanejo fosse me abraçar, diz Gabeu, filho de Solimões

Camisa com estampa de oncinha, brinco com pingente de cavalo, chapéu de caubói e unhas pintadas de preto: o cantor Gabeu estreou chamando atenção. Ele resolveu seguir os passos do pai, o sertanejo Solimões, no mundo artístico, mas inovou ao lançar o "pocnejo" - vertente batizada com a expressão poc, usada para se referir a gays, e destinada a abordar a temática homossexual em um dos gêneros mais tradicionais da música brasileira.
Em entrevista nesta quinta-feira (6) ao programa Timeline, da Rádio Gaúcha, Gabriel Felizardo, nome de bastimo do artista, explicou o conceito do "pocnejo" e como a vertente conversa com o sertanejo tradicional.
O 'pocnejo' é o sertanejo, bebe das mesmas fontes, tem toda aquela sofrência, fala de amor, de bebedeira, só que por outro olhar, outro locutor. É pelo olhar do viado, da bicha, da poc, do gay. São outros tipos de histórias, outras narrativas, que a gente não encontra no sertanejo tradicional — disse.
Seu primeiro single, Amor Rural, foi feito ao lado do namorado, Well Soares. A letra é brincalhona, fala sobre um relacionamento que precisa se assumir, sobre uma roça que "esconde verdades". Já o videoclipe apela para uma estética retrô, como se tivesse sido gravado em fita VHS — uma metáfora para algo antigo que inaugura uma ideia nova. 
Sobre a recepção no mundo sertanejo, Gabeu disse que preocupou-se mais em falar com um tipo de público, e não em ser aceito pelos músicos:
— O sertanejo é um meio bastante preconceituoso, machista e homofóbico. Não esperava que esse meio fosse me abraçar e abrir as portas para mim. Tanto que meu foco era atingir um outro público, o público LGBT+ que escutava sertanejo e não se sentia representado.  
Se os pares na música sertaneja ainda não lhe abriram os braços, seu pai, um dos cantores mais importantes do gênero, dupla com Rionegro desde os anos 1990, viu no "pocnejo" uma boa "sacada":
— Ele sempre me apoia em tudo o que faço. Sempre me apoiou, sempre me deu força. Me dá muita orientação — por ser uma pessoa mais vivida, por ter mais experiência. Ele se preocupa bastante com meu emocional, e quando mostrei a música para ele pela primeira vez, a gente já estava no estúdio para gravar. Na hora que ouviu, ele disse: "Isso aí é muito bom, essa letra é muito inteligente" — contou Gabeu.
Desde seu lançamento no dia 24 de maio, o clipe de Amor Rural soma cerca de 380 mil visualizações no YouTube. Confira o vídeo:


«
Next
Postagem mais recente
»
Anterior
Postagem mais antiga

Sobre o autor Rádio Moda Sertanejo

O melhor"da"Música Sertaneja!

Nenhum comentário

Deixe uma resposta

Shows Sertanejos

Clássicos Sertanejos

Resenhas Sertanejas

Cat-5

Cat-6