Cat-1

Cat-2

Cat-3

Cat-4

» » ALIMENTAÇÃO E ENXAQUECA

Você sabia que a nossa alimentação pode influenciar nos nossos neurotransmissores, que quando em desequilíbrio provocam enxaqueca?
Um estudo realizado pela UNIFESP aponta que 40 milhões de brasileiros sofrem de enxaqueca, que pode ser desencadeadas por: má alimentação, insônia e estresse.
Quem sofre de enxaqueca tem que prestar atenção na alimentação, porque alguns alimentos podem desencadear uma crise e outros podem ajudar a controlar as crises.


-  Alimentos que contêm TIRAMINA: essa amina pode levar a liberação substâncias com efeito Hipertensivo, causando ou agravando os quadros de enxaqueca. Exemplos de alimentos que contem Tiramina: queijos amarelos, cerveja, embutidos (salame, linguiça, salsicha, etc.), chocolate, molho de soja, amendoim, etc.;
Bebidas alcoólicasprincipalmente a cerveja e o vinho (rico em taninos que podem provocar a enxaqueca);
Alimentos fonte de cafeína: é considerada uma substância estimulante e agravante no casos de enxaqueca. Muitas vezes a enxaqueca é causada por oscilações na circulação sanguínea (vasoconstricção e vasodilatação). A cafeína causa essa oscilação no organismo, quando consumida causa vasoconstricção dos vasos que irrigam o sistema nervoso e após o seu efeito causa a vasodilatação dos vasos sanguíneos. Por isso os "viciados" em café, quando para de tomar a bebida também têm crises de enxaqueca. Alimentos fonte de cafeína: café, refrigerantes, chocolate, chá preto, etc.;
Chocolatecontém várias substâncias, causadoras da enxaqueca citadas acima, como aminas, cafeína, leite (chocolates ao leite)
Glutamato monossódicopresente principalmente nos temperos prontos, esse aditivo pode inibir a absorção de glicose pelas células cerebrais, prejudicando o funcionamento correto do cérebro e promovendo a dor;
Frituras e alimentos gordurososo excesso de gordura também é considerado um desencadeador da inflamação no organismo, promovendo a dor;
Glúten e Leitesão considerados alimentos pró inflamatórios, favorecendo o aparecimento da dor. Esses alimentos possuem um alto potencial alergênico e favorecem o acumulo de toxinas no organismo, promovendo a dor e a inflamação.
Frutas cítricas: contêm substâncias como a dopamina que podem desencadear crises de enxaqueca.
O jejum prolongado também é prejudicial para quem sofre de enxaqueca, pois o nível de glicose do sangue "cai" e o organismo fica sem energia para o funcionamento correto do cérebro.
Alimentos que ajudam a evitar crises:

Chia, linhaça, salmão, sardinha, anchova: são alimentos fontes de ômega 3, substância com ação anti-inflamatória que inibem a inflamação cerebral e aliviam a dor;
Frutas vermelhas, castanhas, suco de uva, azeite, grãos integrais: são alimentos fonte de substâncias antioxidantes, que evitam o acumulo de toxinas do organismo e melhoram a circulação;
Gengibre, cravo, orégano e canela inibe a produção de prostaglandinas, substâncias responsáveis pela inflamação e dor no organismo. O gengibre também auxilia no alivio das náuseas que geralmente acompanha a enxaqueca; - Couve: rico em magnésio, mineral importantíssimo para várias reações de geração de energia no organismo (como processo de digestão correto dos alimentos). O magnésio também auxilia no controle da pressão arterial, evitando crises de hipertensão e dor.
Couve: rico em magnésio, mineral importantíssimo para várias reações de geração de energia no organismo (como processo de digestão correto dos alimentos). O magnésio também auxilia no controle da pressão arterial, evitando crises de hipertensão e dor.

«
Next
Postagem mais recente
»
Anterior
Postagem mais antiga

Sobre o autor Rádio Moda Sertanejo

O melhor"da"Música Sertaneja!

Nenhum comentário

Deixe uma resposta

Shows Sertanejos

Clássicos Sertanejos

Resenhas Sertanejas

Cat-5

Cat-6